Quem somos nós?


=>NOSSO COLETIVO NEGRO - DF, grupo criado a partir do "Coletivo de Articulação em Defesa das Cotas Raciais" que, em 2009, surgiu em reação à ADPF* movida no STF* pelo partido DEMOcratas contra o "Sistema de Cotas para Negr@s" da Universidade de Brasília. A partir da nossa Ação de Amicus Curiae em resposta de luta à tentativa de boicote a essa importante conquista do povo negro brasileiro, passamos a discutir e lutar de forma geral em prol dessa significativa política de ação afirmativa e nas demais questões concernentes à questão étnico-racial e outras questões sociais. Mais informações no *NOSSO JORNAL*!
*Ação de Descumprimento de Princípio Fundamental   *Supremo Tribunal Federal

Email NCN: coletivoprocotas@gmail.com 



"É por nós, por amor!"  UBUNTO!  NÓS nos tecem em Redes, estamos ligadas(os), Saravá! 
Clique =>


***


Participar de Ativismo Político é desgastante? Olha, depende do que se chama de desgastante...
Sem dúvida pede trabalho, compromisso, algum espaço na agenda, raciocínio, sentimento... No geral, vai-se aprendendo a conciliar com as demais atividades e nem atrapalha a rotina não, configura-se mais como investimento do que como gasto, pois, coletivamente/individualmente/tudonada-amesmacoisa, ganha-se infinitamente tanto quanto e mais do que dá-se, é o tal tijolinho de contribuição para o bonde da História o qual todas(os) devemos singularmente fazer parte no sentido de oportunidades de vida plena!

Resgate,retomada,rememória,afirmação,reparação, fortalecimento,expansão...


"por tod@s nós"

    "Raízes fortalecidas, encravadas com magia, para caules a sustentar, ramos tocando o céu..."


 Para integrar o NCN e/ou abordar outras coisas, nosso contato logo abaixo =>

email NCN: coletivoprocotas@gmail.com




***
"Cada negra(o) que se torna consciente de seu valor como pessoa humana, que resgata sua auto-estima valorizando seu ser e sua cultura, é uma negra(o) que deixa vazio o tumulo no qual a ideologia racista tenta nos manter mortas(os) sob a pedra da inferioridade..." - (José do Carmo da Silva)
 
***
"Quadras e quadras e quadras e quadras cirandas, cirandas, cirandas "b boys" e capoeiristas
Velhos sonhos, novos nomes, velhos sonhos, novos nomes na avenida
O folclore é hardcore, e ataca o nosso momento
Abre a roda quem tá fora e quem tá dentro participa,
O folclore é hardcore, instiga alegria
Em respeito 'da pessoa' ao tambor,
Do rítmo que domina com louvor
Do fato de estarmos JUNT@S SEM PAVOR,
Pois O INSTINTO É COLETIVO meu senhor!"



***

CONTRA SÉCULOS DE NEGAÇÃO, UM PRESENTE VÍVIDO DE AFIRMAÇÃO!

.

CDDN e entidades do Movimento Negro participam do processo de escolha do Ouvidor Externo da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF)

CDDN e entidades do Movimento Negro participam do processo de escolha do Ouvidor Externo da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) ...